Bucetuda Dando O Cuzinho

2 min

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , ,

Bucetuda Dando O Cuzinho

Bucetuda Dando O Cuzinho

Enquanto ela me enlouquecia com seu rebolado, percebo-a mexendo na bolsa e pegando um celular que estava tocando. Eu adoro meu cuzinho ardendo do arrebatamento tido pelo tamanho do seu pau.

Da outra, a vovó,a da lenha pra queimar,a do decote! Pensei isso e meu pau ficou mais duro ainda!Ela tava de vestidão,o peito podia estar de fora!! Fui no sofá e ela de conchinha virada pro acento coberta,azar!Mas dormia fundo e eu com pau na mão comecei a erguer o edredom,o vestido acima da cintura com uma calcinha preta linda, loucão a coragem veio e cai de boca na calcinha preta pelo rego batendo punheta, sem noção do perigo.

– “Vem cá Paty… fica de quatro para eu gozar nessa bundinha linda…”, pediu o Marcos, vendo enfim seu sonho se realizar. Ela se colocou de pé de frente para mim e tirou sua regata revelando seus seios grandes, eu a observei de cima a baixo até chegar no enorme mastro que se erguia entre suas pernas, senti meu coração acelerado, comecei a puxar devagar sua calça juntamente com sua calcinha, até seu pau saltar pra fora, uuauu que pau enorme, brinquei perguntando como ela conseguia esconder tudo aquilo,comecei a acaricia-lo com minha boca dando beijos e mordidinhas, depois abocanhei gulosamente e iniciei um boquete bem molhado.

tempo também e me ajudou a criar minhas duas filhas.

Um calor interior foi tomando conta de mim.

O que vou contar pra voces é uma passagem alucinante e super excitante da minha vida.

Resolvi pagar para ver, ainda era cedo do dia, e embiquei o carro naquela direção, esperando estar na tal cidade em 6 ou 7 horas de viagem. "Ola me chamo Diogo,Hj vou contar mais uma historia que aconteceu com minha esposa “Bruna”.

De repente ela solta meu pau, fica de pé, vira de costas de devagarzinho se abaixa pra tirar a calcinha, me revelando toda a buceta e o cuzinho, monta e mim, encaixa meu pau na sua buceta que entra com certa dificuldade (parecia que Marcela não transava a algum tempo), mas entra e vai até o útero dela.