Caiu na net video caseiro magrinha madura gemendo com dedinho no cuzinho para amigo bem gostoso de boa vista – rr

56 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

56 seg

Categoria:

Tag:

Caiu na net video caseiro magrinha madura gemendo com dedinho no cuzinho para amigo bem gostoso de boa vista – rr

Caiu na net video caseiro magrinha madura gemendo com dedinho no cuzinho para amigo bem gostoso de boa vista – rr

Falei q ia meter no cuzinho dela pra eu gozar dentro, ela se virou me chupou de novo pra lubrificar, coloquei ela de 4 de novo e cuspi no cuzinho dela. Olá , vou fazer uma breve apresentação me chamo JULIA, ( nome fictício) tenho 24 anos, loira, magrinha mais com curvas definidas, seios durinhos e grandes, e alta! E adoro muito sexo, sem meias delongas vou descrever como conheci o meu mestre, sim um homem que passou a realizar todas as minhas fantasias e desejos, pois bem me separei a alguns meses e estava a procura de aventuras, foi então que baixei o TINDER rsrsrs e curtir o RAMON, (nome que ele mesmo escolheu) ele me curtiu e então começamos a conversar nada pra o lado sexual ainda, mais eu já tava louca para pedir nudes , mais vi que era um cara interessante e inteligente o papo rendeu por muitos dias, ate que marcamos de se ver, então ele me pegou no curso e saímos para um barzinho, dentro do carro mesmo eu já estava toda molhada de tesão naquela boca gostosa, barba bem feita, olhos cor de mel, mais fiquei na minha, então ele me mostrou um grupo de whats de amigos dele tirando onda que estavam curtindo foi ai que a mente do meu mestre começou a traçar algo picante então me propôs a fazer um vídeo sem aparecer meu rosto onde eu iria provocar os amigos deles, falando como terminaria nossa noite, o que? Eu, eu gamei, fiz o vídeo, e minha imaginação não parava de tramar coisas, então saímos do barzinho em direção a casa dele, mais no caminho eu estava piscando de tesão por ele, o negocio começou a pegar fogo, comecei abrindo a calça dele e comecei a acaricia-lo , a chupa-lo devagarzinho , pra maltratar mesmo, ele então parou em uma esquina e fiquei por minutos chupando aquele pau rosado, então tirei minha calcinha abrir as pernas e comecei a me tocar, minha buceta estava tão encharcada e assim continuamos o caminho paramos varias vezes,, estava encharcada ,nossa que delicia, ao chegar em frente ao condomínio dele eu pedi para não entrar naquela hora, queria que ele me comece ali mesmo, já estava tarde, não vimos ninguém na rua então no capo do carro ele me possuiu, me tomava com tanta força, e eu pedia mais e mais, a sensação de fazer na rua só fazia aumentar o meu tesão, sentia aquele pau me penetrando com tanta força, nos estávamos loucos de tesão, não conseguíamos parar de fuder , ele sentou no banco o fastou um pouco para traz e eu sentei em cima, cavalgava com movimentos circulares, tirava e colocava a cabecinha bem de devagar só para aquela rola arregaçando minha bucetinha, então entramos e continuamos no quarto, eu estava com meu brinquedinho na bolsa já imaginava que a noite ia terminar em sexo, “ adoro DP” pedi que ele comece meu cuzinho, ele obedeceu e começou a arregaçar meu cuzinho foi colocando devagarinho pegou meu MARANHÃO e foi colocando aos poucos ate eu sentir aquela sensação de submissão de não ter mais controle sobre seu corpo e apenas gozar de tudo aquilo, sexo anal me deixa louca de tesão, voltando logo depois foi a vez dele coloca seu pau no meu cuzinho ele abriu minha bunda pediu que eu a deixasse bem aberta e socou com muita força me deu calafrios de tesão, logo coloquei meu brinquedinho em minha bucetinha encharcada e assim continuamos, gozei primeiro me tremendo e se contorcendo em cima da cama ele não parava continuava com mais pressão, ate que mandou eu abrir a boca e um jato de porra veio com tudo, engoli aquele leitinho como se estivesse com fome, exaustos conversamos sobre sexo , perguntou sobre meus desejos, fantasias, a partir dai começou uma parceria de fodas incríveis , com 2 caras, com 1 mulher, irei descrever breve em mais contos, enfim encontre minha PF.

Olá meu nome é Jorge(Nomes trocados pra proteger identidade) sou negro,tenho 1,69 tenho 18 anos,tenho 18cm de pica,chega de apresentação, tudo começou na escola com meu professor de História, Leandro,um homem novo, sarado,gostoso,olhos castanhos,deixava todas as meninas da sala excitada,e a mim também, eu sempre tava um jeito de sair por último da sala pra ficar só com ele,e sempre soltava uma piadinha pra ele saber que eu tava afim dele,certo dia pra meu azar(ou sorte) fiquei ate muito tarde no colégio e o ônibus que levava a gente pra casa já tinha saido,e estava sem dinheiro de transporte pra pegar um ônibus,e do lado de fora do portão vejo uma mão me chamando pra sair da escola,era ele,me ofereceu uma carona,aceitei e entrei no carro dele,conversamos bastante sobre suas aulas,até que o assunto mudou pra sexo,ele me perguntou se tinha alguma aluna que eu já tinha ficado, respondi a ele que não curto muito mulheres,ele ficou em silêncio por um tempo, depois me perguntou se tinha algum professor que eu pegaria,fiquei calado por a resposta seria ele,ele repetiu a pergunta, eu falei que era ele,ele me olhou e ficou em silêncio, e disse tem alguma coisa pra fazer em casa? Respondi que não,ele falou então vou te levar em um lugar algum problema? Respondi que não e ele me levou pra sua casa, chegando lá ele mandou eu sentar,me ofereceu bebida e foi tomar banho,e voltou só de toalha, e assim ficou o tempo todo,bebemos e ele me perguntou se gostava de tatuagem, disse que de algumas,então ele tirou a toalha e ficou nu na minha frente me mostrando a tatuagem que tinha na virilha, fiquei sem ação em vê aquele homem que sempre desejei nu em minha frente,ele já estava de pau duro como rocha e não aguentei e botei em minha boca,era muito grande e grosso mau cabia em minha boca,mas me esforcei o maximo pra engolir aquele pau,ele me deitou no sofá tirou minha roupa,e começou a chupar meu cuzinho,lembia tudo e eu gemia feito louco sempre sonhei com aquele momento, então fizemos um 69 delicioso,ate que pedir pra ele meter aquele pauzao no meu cuzinho,ele me botou de 4 e foi colocando a cabeça do pau era muito grande,doeu bastante, então ele foi metendo e me masturbando pra aliviar a dor,e quando abriu meu cu,ele empurrou de vez,foi uma dor grande,e um tesão maior ainda,ele foi metendo devagar e assim a dor foi passando,ele começou a bombar mas forte,e eu gemia bem alto,e ele metendo bem forte e rápido e batendo em minha bunda,então ele me virou de frango assado e foi metendo e a vontade de gozar foi chegando então ele começou a masturba e eu gozei ele me comendo então achei q ele iria parar,mas não eu não aguentava mas e ele me botou de lado e começou a bombar e eu gemendo feito doido e já chorando de não aguentar mais aquela pica,então ele tirou a pica do meu cu e gozou em minha cara,tomei banho e ele me levou embora pra casa.

Transamos mais um pouco e ela me recompensou, por lhe proporcionar esses orgasmos,quando estava metendo me pedia p eu gozar em sua boca, logo tirei o pau de sua bucetinha e gozei bem gostoso em sua boquinha, ela sugou tudinho, e chupou a cabeça bem gostoso me dando arrepios(nessa parte estou de pau duro escrevendo) nossa apos o gozo caimos na cama exaustos, e as recompensas nao pararam, ela também me deu o cuzinho , mas isso já é um outro conto….

comecei a botar meus dedinhos dentro dela. Ganhei mais uma bela chupada lá e os garotos ficaram jogando vídeo game.

"Continuação de:1 Fazendo a alegria do peãoSou uma mulher casada, madura de 43 anos, morena, de ancas grandes, peitões siliconados, de pernas e coxas grossas.

Toma conta de nosso sitio um caseiro de meia idade (entre 30 e 40 anos), mas ainda em pleno vigor físico.

Após alguns dias separados eu e o meu amante reatamos e decidimos matar a saudade ele me levou á uma casa de praia e enquanto ele dirigia eu chupava seu pau, chegando na casa coloquei o biquíni e ficamos na beira da piscina tomando um vinho e conversando sobre algumas fantasias que um dia iremos realizar, entre uma conversa e outra minha buceta ja estava toda babada e ele pegou uma pedra de gelo colocou na boca e começou a me chupar, ahh! Foi uma sensação maravilhosa a combinação da língua quente com a pedra gelada, e não sei o que me deixava mais excitada se era aquela deliciosa chupada com mistura quente e fria ou se era o medo de ser vista pelo segurança que passava á todo instante em frente a casa.

Depois disso fui pra casa d um amigo.