Comendo a morena rabuda

Comendo a morena rabuda

Comendo a morena rabuda

a gente sabe que vc vai voltar putinha rabuda, e me comeram quase que diariamente por uns 40 dias…. E essa foi a minha primeira vez que eu gozei com uma mulher na minha vida.

As nossas memórias reviveram os intensos amassos do passado. rnJá fazia quase uma hora que estava ali me bronzeando quando escutei a voz do meu futuro sogro todo alegre chegando de viagem e quando me viu deitada de bruços na esteira ao lado da piscina disse:rn-oieee…precisei chegar perto pra ver que era minha querida nora Leila…de longe pensei que tinha uma morena deitada aqui com a bunda toda de fora.

Começou no vai vem enquanto ela lhe pedia que parásse, mas ele não paráva e dizia-lhe que aguentasse.

e acreditem como gozei, depois disso eu apaguei, acordei apenas na manhã do outro dia, com um café na cama me esperando.

– Vou de moto, aí dá pra deixar na garagem também. Fiquei comendo ela assim e vendo aquele rabão delicioso balançar a cada metida. No dia seguinte assim que acordou já veio me chupando (ô homem pra gostar de buceta viu) rsrs me chupou me levou pra sala e trasamos no sofá, ele me penetrou por trás enfiava seu pau no meu cu e na minha buceta pedi que ele sentasse e sentei em cima dele rebolei bem gostoso em cima daquele pau até fazê-lo gozar, o sonho acabou e voltamos á nossa realidade ele para sua esposa e eu para o meu namorido. TERMINADO O CAMINHO DO PESCOÇO ÀS PERNAS, COM UMA PASSAGEM MAIS DEMORADA POR AQUELE BUMBUM FIRME E TESUDO, PEDI QUE ELA VIRASSE…DE IMEDIATO JÁ DEIXOU DE LADO A PARTE DE CIMA DO BIQUINI E ME PERGUNTOU SE TERIA PROBLEMA FICAR SEM NADA. Mas o filho da puta do guarda branquinho tinha uma piroca que era um verdadeiro monstro, apenas tinha a chapeleta menor de todos, mas em compensação a pica era maior que do oficial e muito mais grossa, um monstro de piroca.

Um video comecava com ela fazendo um boquete muito gostoso para o marcos, aqueles boquete bem lento que deixa qualquer homem cheio de tesao.

Coincidiu que os dois foram lá em outro dia e eu não estava, tinha saído para fotografar uma criança e, como sempre, isso ia demorar.

Recomendou que ele fizesse um pedido antes de soprar a velinha. Nunca achei que esses dois dias chegariam, foram, na verdade, uma eternidade.

"– Fecha a porta, eu vou ficar aqui mesmo.