Comendo O Cuzinho Gemendo Da Minha Mulher

2 min

Categoria:

Tag:

visualizações

2 min

Categoria:

Tag:

Comendo O Cuzinho Gemendo Da Minha Mulher

Comendo O Cuzinho Gemendo Da Minha Mulher

Ele já estava cochilando mas ainda brigava contra o sono, sentei no sofá com o prato de miojo ofereci a ele que não aceitou, bem como estava sentada comendo levantei um pouco mais o vestido para aparecer mais minha coxa ,estava iniciando meu plano de provoca-lo percebia que ele olhava de rabo de olho e isso me deixou ainda mais com vontade de provocar e ver até onde isso tudo iria chegar, terminei fui até a cozinha e voltei ele já estava deitado no sofá menor e eu deitei no outro, passou algum tempo e fingi que estava dormindo e mexia pra lá e para cá afim de deixar o vestido subir e fiquei mais à vontade mais “aberta “ rsrsrs sei q ele olhava porque ouvia o barulho do sofá ele estava impaciente louco para me atacar imagino eu, fingi que estava acordando só para ver em que estado ele estava e fiquei chocada, excitada e com agua na boca, o pau dele estava para fora da bermuda na hora senti minha bucetinha piscar e ficar toda molhadinha, queria pular e chupar aquele pau que parecia suculento, mas queria uma atitude dele, virei para o lado e continuei fingindo estar dormindo, deixai uma perna apoiada no chão e a outra no sofá, estava de barriga para cima para provocar mais, a essa altura minha camisola já estava próximo ao umbigo de tanto que me mexi, ouvi quando ele começou a me homenagear batendo uma punheta e minha buceta piscava mais e mais, fingi mais uma vez estar acordando para dar tempo de ele se recompor, sentei novamente no sofá fingindo estar meio desnorteada entorpecida de sono, vi apenas o volume em sua calça e então ele disse – Tirou um belo cochilo em cunhadinha. Era o que ele fazia, segurando a cabeça com as duas mãos e fazendo lentamente o vaivém como se estivesse comendo uma bucetinha. -Não…essxxxtá tu´bém!! Não devemos…dei-deixaar nosso…convidado…sozinho!Ruddi se sentia no sétimo céu!! A dona daquela belíssima e volumosa bunda encostada em seu penis, parecia que não se importava quando bem devagar ele apalpou um dos lados da nádega, dando apenas um longo suspiro.

– Tio, num vai contar nada pra minha mãe, pelo amor de Deus! – pediu Maneco.

Ela sempre percebeu esta minha estratégia, as vezes se exibia para mim, dava corda, mas outras vezes cortava logo o meu barato. O Bruno parou de me fuder, e chupou meu cuzinho, quando ele estava todo babado ele botou aquele pau enorme pra dentro e eu gritava loucamente. -CALA A BOCA E GEME PUTA.

Estava justamente pensando nisto quando ela disse, sorrindo:– Vê se faz alguma coisa de útil e vem passar protetor em mim!Sorri e saí da piscina, molhando minha amiguinha, que fez uma careta. "Ele continua metendo na xaninha dela e ela gemendo, então ela me pede baixinho, mete você no meu cuzinho, então convido meu amigo pra trocar de posição, ele deita-se na cama, ela passa a chupar o pau dele e eu começo a meter na xaninha dela, ela como de costume pressiona a xaninha apertando meu pau, aumentando ainda mais a sensação de prazer, então para o movimento de penetração e passo a chupar o cuzinho dela, fazendo movimentos circulares em volta do cuzinho, em resposta ela contrai e solta o cuzinho, cada vez mais forte, parecendo com que aquele cuzinho quisesse engolir minha língua.

Elas foram e repeti tudo da vez anterior até ela me falar de novo que era virgem com mulher aí começou meu desperto Vanessa me dava apenas migalhas enquanto que eu estava sempre disponível.