Comi O Bucetão Da Minha Namorada De Frente – A Safada Gemeu Gostoso

visualizações

49 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , ,

Comi O Bucetão Da Minha Namorada De Frente – A Safada Gemeu Gostoso

Comi O Bucetão Da Minha Namorada De Frente – A Safada Gemeu Gostoso

Ela- ver oque ?e foi rebolando pra cozinha né , okToda vergonha de estar completamente nua na sua frente se foi… Durante todo ato ele me dizia o quanto eu era linda… como ele gostaria de beijar cada pedaço da minha pele morena , enquanto eu me contorcia totalmente entregue ao sentimento de prazer que só ele foi capaz de me dar… era diferente, por que era com ele. Ai ficamos conversando, eles me contando que viviam passando a perna nas namoradas deles, que nunca sabiam com quem estavam saindo. Ele da estocadas cada vez mais forte e rapido.

Nessa hora ela gemeu muito alto, muito mesmo. Marcos emergiu e ficou olhando o corpo da Priscila enquanto ela saia da piscina e se enrolava em outra toalha. Mudamos de posição, deitei de costas na cama e a Kelly sentou-se em cima de mim, à altura do meu peito e de costas para o meu rosto, de modo que pude chupar aquele bucetão por trás, Thais aproveitou e sentou em meu caralho que apontava para o teto, iniciando um galope alucinante, eu sentia o restinho da minha porra saindo da buceta de minha mulherzinha, enquanto isto as duas enroscavam as línguas em um beijo sacana e ardente. Eu e a Kelly colocamos um colchão inflável no chão e o Luan deitou no sofá, eu só pensava em poder foder ela com ele ali do lado, porém foi mais gostoso que o imaginado.

Me colocou de 4 e meteu, senti arrombar e uma lágrima escorreu do olho, ele parou, podia sentir o pau dele pulsar dentro do meu cúzinho.

Quando cheguei ao apartamento me deparei com a madame safada vestida apenas com uma calcinha branca e um sutiã vermelho, de imediato fiquei de pau duro, ela falou: “Desculpa minha vestimenta, é que gosto de ficar a vontade quando estou em minha residência, venha até a sala que vou te mostrar o problema”.

me xingava, se xingava de vagabunda, apertava minha cabeça com as coxas e gemia : ”- Ai, chupa, chupa minha boceta, tesão , chupa… quero gozar… ”… até que, finalmente, caiu de boca no que tanto ansiava.