Dei Carona No Onibus Da Escola Para Essa Mae Que Estava Doida Para Dar Para Mim Acabei Fodendo Ela E Fazendo Ela Gemer Muito Na Minha Rola

Dei Carona No Onibus Da Escola Para Essa Mae Que Estava Doida Para Dar Para Mim Acabei Fodendo Ela E Fazendo Ela Gemer Muito Na Minha Rola

Dei Carona No Onibus Da Escola Para Essa Mae Que Estava Doida Para Dar Para Mim Acabei Fodendo Ela E Fazendo Ela Gemer Muito Na Minha Rola

Lídia passava o protetor naquele corpo delicioso e eu acabei flagrando ela massageando a xana com a outra mão enquanto passa o protetor.

Fico louca rebolando em cima dele imaginando ser um desconhecido que está me fodendo.

O cassetete entro bem superficial e estava apenas separando os lábios da minha bucetinha, resolvi dar uma reboladinha e logo o policial enfiou um pouco mais o cassetete e eu rebolei um pouco mais e logo ele começou um movimento de vai e vem com o cassetete e senti seu pauzão duro sendo esfregado pela minha bundinha. Elas desciam do ônibus vestidas normalmente e aproveitavam a proteção atrás da parada de ônibus para vestir o “uniforme” de trabalho.

"Em uma tarde chuvosa de sábado, eu estava na casa do Gilberto, que estava me ajudando a terminar uma tarefa da escola particularmente difícil, quando algo me fezdesmoronar emocionalmente outra vez. A encontrei em festas da família depois e apenas dou oi e a beijo no rosto ouvindo os parentes dizerem como ela deveria logo arranjar um namorado ou pelo menos um ficante, fico rindo por dentro enquanto todos acham que ela é uma garota certinha e chata, eu sei a safada que ela é na cama!""Despedi-me de todos, que tiraram onda e ficaram fazendo piadinhas com minha enxaqueca. EU E MINHA ESPOSA FIZEMOS AMIZADE COM UM CASAL MUITO JOVEM, E NOS TORNAMOS MUITO INTIMOS, POREM DESDE DO COME;O EU NOTEI QUE A MULHER DO MEU AMIGO [E MUITO EXIBICIONISTA, SEU NOME SER[A AQUI RAISA, ELA [E MUITO BONITA, UMA GAROTA ALTA MUITO BEM FEITA DE CORPO E SEUS SEIOS SÁO MUITO PEQUENOS E DUROS COMO DE UMA ADOLESCENTE, TEM PERNAS LONGAS E BEM TORNEADAS E UMA BUNDINHA LINDA E ARREBITADA, POUCOS DIAS DEPOIS QUE NOS CONHECEMOS MINHA MULHER CERTA NOITE FALOU, QUERIDO VOCE PRECISA SER MAIS DISCRETO QUANDO OLHA OS SEIOS DA RAISA, PRINCIPAMENTE QUANDO H[A ALGUEM POR PERTO, E NÁO ESTOU FALANDO DE MIM [E CLARO. Algumas vezes ela quase chegou a gozar, mas nessa hora eu retirava o dedo de sue clitoris! Ela ja estava gritando, esperniando de tesao! No meio de seus gemidos, nao aguentando mais, num dado momento, ela falou: “que… que… quero!!!” Isso ja foi o suficiente, na mesma hora me levantei, abri as suas pernas e dei inicio as caricias que mudariam para sempre a vida da Anne!!! Chupei ela todinha, os grandes e pequenos labios, o clitoris(claro que dei uma atencao especial a esta parte), enquanto ela gritava, gemia… quando ela estava com orgasmo eminente algo mudou para ela, acho que naquela hora de intenso prazer ela finalmente se libertou do inferno que ela vivia, pois como se estivesse hipnotizada gritou: “isso Gloria, assim, nao para nao que eu vou GOZAR!!!” Finalmente eu tinha conseguido o que tanto queria… ver aquela criatura pensando nela, no que ela queria, sem se preocupar com mais nada! Ela de santa estava se transformando numa putinha, somente preocupada com a busca pelo prazer! Agora tinha que satisfaze-la completamente… continuei a chupar o seu clitoris bem rapido, e tambem enfiei dois dedos na sua buceta e comecei a dar violentas estocadas, sem a menor pena dela! E porque tinha que ter pena? Ela so gritava e implorava por mais! Entao enfiei o terceiro dedo e foi nessa hora que ela gozou! E gozou intensamente, gritando e se debatendo no sofa de sua casa! Ela jogou em minha cara um jato de secrecao, aquilo me deixou tao excitada que acabei por gozar tambem! A Anne ficou inconsciente e eu deitei-me em cima dela para poder recuperar-me de meu orgasmo, mas me apressei em me levantar logo pois queria ir embora antes que ela acordasse! Segundos depois levantei-me, dei-lhe um beijo na testa, escrevi um bilhete que somente dizia: se voce gostou, me procure!!! E fui embora! Nao deu outra, no dia seguinte adivinhem quem apareceu na minha porta??? Durante algum tempo permanecemos com a nossa pequena relacao, mas nao durou muito, pois logo arrumei uma namorada! Ela sofreu um pouco, mas compreendeu que era melhor assim do que eu continuar com ela sem gostar dela! Mas o que realmente eu queria, eu consegui, pois ate hoje a minha melhor amiga se chama ANNE FANG!!!!!!!cama de barriga para cima e mandou seus colegas me pegarem e me colocaremJá era nove horas da noite quando as visitas decidiram ir embora, assim que elas sairão minha avó já estava doida para dar o rabo para os netinhos, meu irmão que morava com ela estava na cozinha preparando um café, pois seria uma longa noite como já esperava-mos. ele metia sem parar e eu não parava de gemer por um momento esquecemos do risco de sermos pegos.

Ele gemia mais alto a cada engolida na cabeçona que eu dava e dizia que estava amando aquele momento e me perguntava baixinho se eu tava gostando e se queria que eu fosse o seu macho secreto, eu respondia murmurando e ele mais ficava com tesão e já tava enfiando o dedo cheio de creme no meu cuzinho que tava piscando muito, ele acariciava meus cabelos e mandava eu mamar mais a me chamava de “minha putinha”… -mama seu macho putinha, mama… Eu tava quase gozando sem encostar a mão no meu pau… Ele gemendo e arfando e eu deitado ainda no seu colo olhando aquele colosso na minha frente até que ele não agüentou mais, segurou firme minha cabeça com uma mão e com a outra enfiava todo dedo grosso no meu cuzinho até explodir em gozo na minha boca dando urros e gozando que mais parecia uma torneira aberta saindo leite.

eu falei: pensei que ia querer me comer? e vc pensa que carona é de graça? principalmente que nem tomei café, tô numa fome da porra, vou tirar a barriga da miséria.