Eu E Marido Na Dp Com A Esposa

2 min

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , ,

Eu E Marido Na Dp Com A Esposa

Eu E Marido Na Dp Com A Esposa

Quando eu abro a porta do apartamento lá está eu de camisetinha curtinha, branca, sem sutiã e shortinho apertadinho de dormir, eu o comprimentei, ele me deu uma secada de cima embaixo e eu peguei a comida, eu disse p ele esperar p eu pegar o dinheiro, e vim rebolando só p ele me dar mais uma olhada rs, quando cheguei a porta com o dinheiro aquele cara tava obcecado me olhando…eu fingi que nao percebi nada e perguntei a ele se ele sabia trocar lampada pq a do meu quarto queimou, ele disse q sim e q trocaria para mim…. Adorei sentir o cheiro e o gosto daque cuzão gostoso, o gosto de sua buceta não existe igual, o boquete que ela me passou foi o melhor de toda a minha vida e para completar, ela adorava exibir seu cú todo arrombado.

Continuei a massagear o seu clitoris, porem eu percebia que ela anseava por minha lingua! No entanto nao a premiaria enquanto nao a ouvisse pedir, implorar, suplicar por uma chupada! Depois de mais alguns(muitos) minutos, ela nao aguentou: ” Bruna, pelo amor de D´s, anda logo, enfia a tua lingua na minha buceta, me faz gozar, por favor, serei so tua!” O que eu ouvi me deixou tao excitada que eu enfiei a minha lingua no seu clitoris e comecei a a massagea-lo com carinho! Minha gatinha gritava, gemia,chorava de tanto prazer! Quando percebi que ela estava com orgasmo eminente parei de lambe-la e me afastei dela. "Voltamos a ficar deitados lado a lado os três com o corpo dela entre nós trocando caricias e beijos e a deliciosa excitante cena do espelho no teto voltou a se repetir.

O jogo recomeçou e ele se mantinha na área se sentindo o Romário.

Ver “Diego” se contorcendo de prazer me deixava com mais tesão ainda.

Um belo dia meu marido e eu fomos pra uma resenha em Rocha Miranda, chegando lá fiquei toda animada por ter música ao vivo e negoes interessantes também. Jorge passou a mão e desesperado de tesão, me fez encostar numa árvore.

Senti algo debaixo do assento do sofá, levantei pra ajeitar melhor o assento, e encontro ali perdido um celular. Deitados, relaxando, confessei que havia visto o que fizera à tarde e que ao invés de ter me dado ciúmes, me deu tesão, eu gostaria de conhecer aquela mulher e vi o seu rosto brilhar de alegria, ele me olhava como se estivesse sonhando, eu, sua delicada, sensível e tímida esposa, estava me transformando numa mulher intensa….