Novinha Pedindo Pra Não Parar

45 seg

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

45 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Novinha Pedindo Pra Não Parar

Novinha Pedindo Pra Não Parar

então como iríamos naquela mesma noite, comecei a me preparar.

falei pra ele que ela ia ficar la em casa ( em araruama ) pra tomar banho de piscina no dia seguinte, então ele deixou ela lá, com os meus outros amigos eu ja tinha dado um toque antes pra eles subirem na frente que eu ia ficar la embaixo um pouco com ela.

Me arrumei e no caminho para o restaurante em que íamos almoçar, contei que a mãe dele tinha acabado comigo juntamente com nossa prima Gabi.

Pensei em Mauro! Essa seria a primeira vez que eu iria trair meu marido.

Comecei num vai vem em seu rabão delicioso pedindo para que ela abrisse a bunda pra que meu pau entrasse bem mais fundo.

LINDA MORENA E FICAMOS CONVERSANDO DANÇANDO E DERREPENTE JÁ ESTAVAMOS SE BEIJANDO ELA ME CHAMOU PARA PEGAR UMA CERVEJA EU FUI CHEGANDO LÁ EU BEIJEI ELA NO CANTO E ELA SENTIU MINHA PICA QUE JÁ ESTAGA TODA MELADA E DURA IGUAL UMA PEDRA…E DEU AQUELA PEGADA DE LEVE E FALOU.

comNa manhã seguinte, indo pro trabalho vejo a loira voltando da padaria e começamos a combinar o fim de semana quando a novinha aparece e me dá um tapa na cara, dizendo que se eu encochar ela de novo no elevador, vai reclamar com o pai.

Acontece que o cuzinho dela já parecia preparado pra levar a pica.

– Não entendi… por que ele não veio com a gente?– Alguns dias atrás nós estávamos conversando sobre nossa vida, e chegamos à conclusão de que o sexo, apesar de bom, estava ficando meio monótono. ""Não importa meu nome e minha idade, o que importa é o que eu vou contar.

Na madruga o frade se dirigiu ao quarto dela bateu a porta e ela abriu e ele teve uma surpresa, ela já o esperava com um vestidinho transparente.

Além de não esconder o meu tesão, eu já me “aproveitava” um pouco dela, abraçando ela por trás, deitando com a cabeça em seus seios quando ela estava deitada no sofá, e coisas do tipo. Vou continuar a história anterior, para quem não leu, sugiro ler a parte I do meu conto chamado “Primo Pauzudo e com Problema Mental”.