Novinha safada gostosa fudendo no cú whats dela : link =

49 seg

Categoria:

Tag: , , , , , ,

visualizações

49 seg

Categoria:

Tag: , , , , , ,

Novinha safada gostosa fudendo no cú whats dela : link =

Novinha safada gostosa fudendo no cú whats dela : link =

Passaram-se algumas semanas e recebi um whatsapp sabe de quem? Dos dois, que estavam perguntando se eu estava solteiro novamente e fizeram um grupinho chamado “reunião”; Infelizmente , voltei para minha rotina normal, mas sabem de uma outra novidade?– Vá, nos falamos depois. Na hora que sentei no carro senti uma dorzinha gostosa na bunda.

Chupava com muito mais vontade do que jeito, mas ainda assim era delicioso o boquete daquela novinha tarada. No outro dia ela para minha surpresa veio a noite na casa da minha avó, toda gostosa em uma calça que de marcava toda sua bunda gostosa, tanto que na hora minha familia perguntava quem era e eu nem respondi direito pois so pensava naquele corpo…. Começou a rebolar e esfregar nossas bucetinhas, rebolei junto com ela e olhava aquela carinha de tesão, de safada.

"rápido fiquei em baixo, ela ficou sobre mim e ele já foi enfiando a pica nela, eu fiquei ali um tempo lambendo o grelhinho e vendo o entra-e-sai do pau dele, ela gemia alto e mandava eu chupar com vontade, eu adorei a posição, depois eu sai e eles continuaram fudendo, ele deitou ela é fez ela abrir as pernas o máximo que ela pode, ela sempre me chamando de corno, ele ficou metendo com força, era uma delícia ficar ouvindo o barulho da pica entrando na buceta dela toda melada, ele tirou de dentro e gozou sobre a buceta dela que em seguida fez questão de lamber o pau dele gozado, em seguida ela pediu que ele se retirasse, ele atendeu e foi, deixei ele na porta e voltei rápido pro quarto, ela falou com a cara mais safada…”sou toda sua meu corninho”…caí de boca e xupei toda a buceta dela que estava toda melada…adorei limpar tudinho…essa foi nossa primeira aventuraNão sei porque aquilo me deu um tesão da peste! Percebi que aquela foda tinha sido pela tarde quando eu estava no trabalho. Quando fechei a porta, ela levantou e me empurrou pelo peito até encostar na porta, e perguntou:"Falta de dinheiro é dose! Principalmente quando você tem aluguel para pagar, condomínio, luz, água, além de precisar se alimentar, se transportar para o trabalho…Esta era a situação dramática que Magda enfrentava quase todo mês.