Novinha Sentando E Gozando Muito No Pau

Novinha Sentando E Gozando Muito No Pau

Novinha Sentando E Gozando Muito No Pau

Karine se juntou e eu tive pela primeira vez duas bocas mamando minha pica. Acho que estava fazendo isso pra me provocar.

Deixa? – Isabela pedia enquanto ia sentando o pau de Antonio.

Passando a lingua por toda extensão da minha rola, engolindo minhas bolas, batendo meu pau em seu rosto, me olhando com cara de safada; peguei-a e coloquei em cima da mesinha de novo, abri as pernas dela e perguntei:– A putinha gosta de receber linguada?– ADOOOOORO, DEIXA EU GOZA NA SUA BOCA, DEIXA AMOR?Não pensei mais nada, só cai de boca naquela xoxotinha pequena, lisa, cheirosa, passei a língua de baixo pra cima fazendo-a tremer inteira e comecei a chupar seu grelo cada vez mais forte, e cada vez mais ficava os gemidos de Isa:– ISSSSSSOOOO METE A LINGUA, ME FAZ GOZ… AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH TO GOZANDO BEBE AAAAAAAAAAAAAAAH METE ESSA ROLA EM MIM LOGO, VAI GOSTOSO. Eu sempre durmo muito cedo, por volta das 8:30/ 9:00 da noite, em dia de semana, minha rotina é pesada na escola. Após alguns minutos eu virei ela de frente e coloquei ela para cavalgar em minha pica, naquela altura do campeonato a praia toda já tinha parado para ver a nossa “performance”.

Até os 18 anos eu ainda era virgem e não tinha namorados, tinha paqueras rápidas com os meninos do condominio que sempre acabavam resultando em cintadas para mim, meu corpo também ainda não era ainda muito desenvolvido, mas dos dezoito aos dezenove anos minhas formas deram um salto de repente, passei de menina magrela para novinha gostosa, foi quando meus maiores problemas começaram com os rapazes loucos para me comer e o papai fazendo guarda feroz!Naquela época notei uma mudança radical em papai, qualquer reclamação ou suspeita da mamãe ele me castigava de um jeito diferente agora. ele ficou de quatro e eu fui metendo devagarinho e minha rola e grossa e grande e cuzinho dele bem apertadinho fui metendo devagarinho e ele começou a gritar de dor e tesão. Parecia que estava-se no céu.

Matheus me guiou até a cama e me pôs de quatro.