Pornô Caseiro Safada Ninfetinha Comendo A Safada Do Seu Namorado Da Zona Sul De São Paulo

50 min

Categoria:

Tag:

visualizações

50 min

Categoria:

Tag:

Pornô Caseiro Safada Ninfetinha Comendo A Safada Do Seu Namorado Da Zona Sul De São Paulo

Pornô Caseiro Safada Ninfetinha Comendo A Safada Do Seu Namorado Da Zona Sul De São Paulo

Hoje minha putinha vai virar atriz pornô… vai foder bastante para mim, não vai minha putinha? dizia ele. Ainda mais que neste dia eu tirei o dia de folga e dei umas saidinhas a tarde, parecia que todos os homens sentiam que eu estava faceira, foi um dia de louco!"Quando ela aumenta a velocidade depois de uns 10/15 minutos me chupando, anuncio:Fomos para a varanda tomar cervejas, ela fez alguns aperitivos e logo depois nosso caseiro, vamos chamá-lo de Pedro chegou timidamente.

Dessa vez demora mais, ela fica muito tempo gemendo e chorando baixinho, meio desconcertado peço desculpas:-Perdão filhinha…você quer que eu tire?Ela se recupera um pouco:-NÃO PAI! NÃO TIRA! Quero sentir mais você dentro de mim, não se desculpe…tudo o que você fez comigo fui eu mesma que pedi, fiquei com inveja e cíumes da Flavinha e agi muito errado com você mas não me arrependo e não quero que se sinta culpado…agora fode meu rabo pai, quero ser sua putinha gostosa, sou safada não sou? Estou dando o rabo como uma puta não é pai?Começei a bombar bem devagar:-Então aguenta aí sua puta, agora pode gritar e chorar que a mamãe não está aqui para acudir!Fui naturalmente aumentando os movimentos, os gritos, longos gemidos de dor e choro foram ignorados, alí agora não tinha mais papai, não tinha filhinha…era macho fudendo puta, vadia dando o rabo, perversamente fantasiei que eu estava comendo uma puta de luxo que me custou mais de tres mil reais, ficou mais fácil para mim e pior para ela…Ela mesmo sendo castigada rude, se masturbava vibrando a mãozinha no grelinho , gozou muitas vezes, não sei quantas já que não parava mais de gemer escandalosamente e a tremer todinha, depois começou a amolecer quase desfalecendo.

ele metia,tirava e metia tudo…quando eu estava começando a achar gostoso ele passou o gel no rabo do Gerson e enfiou ele chamou ele de filho da puta e ficou pedindo pra ele meter…enquanto metia no Gerson, ele com um dedo preparava o rabo do Anderson,tirou do Gerson e meteu no Anderson e ele gemia feito um puto no cio e pedia pra ser fodido…e vi que o cara sabia foder cu de macho no cio;Jobson olhou pra ele e pediu pra ele meter,ele tirou do cú do Anderson e enfiou no Jobson sem dó e Jobson começou a se masturbar e disse que ia gozar e ele ordenou que não e e mandou Moacir abrir a bunda que ele ia meter,passou gel e enfiou devagar porque sentiu resistência e que o rabo dele era fechado,mas forçou e entrou fazendo ele dar um berro e foi pior porue o coroa enfiou de vez e bombou…Era a vez do meu sogro,um coroa virgem e ficamos ao lado dele pra ajudar…coloquei muito gel e peguei na rola do Seu Geraldo e guiei até a entrada do cú do meu sogro;ele forçou e meu sogro fechou o cú e Seu Geraldo deu uma tapa na bunda dele mandando ele relaxar…Anderson se aproximou da boca do meu sogro e deu um beijo de língua,enquanto isso o cara tentava enfiar e ia pouco a pouco deflorando o rabo de macho do meu sogro…quando ele viu que o saco batia no saco dele começou a bombar e meu sogro relaxou e gemia e chamava ele de velho puto safado,que tava comendo o cú dele de macho…todos beijavam meu sogro;fui perto dele e falei que ele era um macho de verdade e dei-lhe um beijo gostoso de língua…Depois,que Seu Geraldo viu que tinha fodido todos,pediu que voltássemos a ficar de 4 de novo…ele enfiou no cú… de um por um;bombava,bombava e passava pro próximo…depois pediu que todos deitássemos no chão que ele ia gozar nos nossos rostos…Ficou em pé e se masturbando gozou em nossas caras,ficamos com a porra dele em nossos rostos e corpos e começamos a nos lamber e a nos beijar…foi quando ele falou,já todo vestido,que as cópias estavam em baixo do colchão(2 dvs e o celular do Anderson) e que ia no banco ver se a transferência tinha sido feita…Ele saiu,bateu a porta… e o Jobson perguntou a meu sogro: E aí,Milton,gostou de dar seu cú de macho? E meu sogro respondeu: Devia ter feito antes e por falar nisso: Moacir,venha aqui e enfia esse caralho na minha bunda e Moacir o obedeceu,enquanto nós,os outros fomos assistir da piscina o show de foda dos dois machos…não aguentamos e mandamos ver numa punheta coletiva…Ainda temos mais dias pela frente…vamos pensar no que fazer. Ele me chamava de gostosa, de safada, de linda, de tesuda.

Saí do banho e coloquei um vestido larguinho eu estava sem sutiã e sem calcinha pois estava muito quente e eu tinha pensamentos maliciosos com meu namorado quando eu desço a escada encontro meu sogro falando que eu meu namorado saiu foi comprar algo e me chamou para sentar com ele eu fui.

Eu respondi dizendo que era de São Paulo,que estava na casa de um amigo e que estava apenas à passeio tomando um ar e perguntei se ela morava na cidade,respondeu que sim,começamos a conversar,disse que se chamava Amanda e tinha 24 anos e a mesma perguntou minha idade,falei:Tenho 33 anos. A partir daí comecei a trata-la como uma cadelinha e fui metendo que nem um louco vendo minha pica afundando dentro daquela ninfetinha que gemia, chorava, se contorcia, pedia mais e mais, e, numa rebolada mais forte ela soltou seu corpinho enquanto dava um gemido trêmulo, foi a primeira gozada de sua vida! July boquiaberta disse que queria também, então dei um longo beijo na boca de Andressa ( que estava extasiada) e puxei July para cima de mim para ensina-la a cavalgar.