Quando O Anal é Bom Ela Chora De Tesao E Nao De Dor

2 min

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , ,

Quando O Anal é Bom Ela Chora De Tesao E Nao De Dor

Quando O Anal é Bom Ela Chora De Tesao E Nao De Dor

– Isabel me olhava com uma cara de suplica, tentando entender o que havia acontecido. Só meu marido e eu, a gente gosta de ir para descansar e nunca convidamos muita gente.

Depois de sairmos umas 3 vezes, vi que poderia confiar nele e depois de uma balada em uma boate acabamos indo para o motel.

Quando estou na Barraca entra o Lucas e fala que vai dormir também, tranquilo, passado uns 10 minutos eu quase cochilando sinto a mão de Lucas pegar a minha mão não entendi bem o que era até que senti ele colocar ela no seu pau (e que pau, tinha 22 cm, serio medi lindo), na hora falei que está doido, ai ele soltou o Léo me Contou que você gosta (filho da puta do Léo) levantei e espiei pela barraca o povo estava lá bebendo voltei pra dentro e comecei a punhetar ele que delicia, então ele pediu para eu chupar eu estava doido pra isso cai de boca chupei ele gostoso, mal cabia na boca, tamanho da pica, ele pediu para fazê-lo gozar, falei como vai melar tudo, ai ele falou engole, na hora pensei que nojo, mas queria faze-lo gozar estava com tesão, então comecei a punheta-lo com a cabeça do pau dele na minha boca, não demorou e ele me inundou de porra, tive que segurar com a mão para não escorrer e para limpar engoli tudo e ainda limpei o pau dele. Assim quando digo que aceitei, e olha que aceitei por vias amargas que não nasci para bailar com a felicidade, estou dizendo que vivo tal qual me foi imposto, resolvi me adequar as circunstancias, permitir ser levados pelas ondas do mar sem criar obstáculos, sem teimosia.

Eu suava por todos os poros do corpo, bufava e tinha vontade de chorar, e ele só dizia:– Calma, e relaxa, só isso. Mas como eu ia chegar no cara e dizer isso? No minimo ia perder o emprego e ficar difamado na agencia. – Murmurou Michele ao entrar em meu quarto, e sem demoras a segui por entre os escuros corredores da casa.