Sexo Com Amante Depois Do Banho No Motel

Sexo Com Amante Depois Do Banho No Motel

Sexo Com Amante Depois Do Banho No Motel

Em seguida ela disse que ia tomar banho e foi para o banheiro deixando a porta semi aberta , então Elaine me gritou para pegar o roupão dela e por no cabide do banheiro.

Naquela tarde ele me fodeu de td que é jeito e cm sempre me fazendo gozar me chamando de safada, cadelinha e finalmente de PROSTITUTA e PUTA… Gozamos juntos, tomamos um banho e depois levei ele até a rodoviária, nos despedimos com um longo beijo, eu o abracei lhe desejando uma boa viagem e ele por sua vez me disse com essas palavras _Comporte-se bem minha PUTINHA SAFADA…Ele partiu!!!No final da segunda semana minha buceta já estava pegando fogo sentindo falta de uma boa surra de pica, no fim de semana me ví sozinha em casa eu e meus pensamentos pervertidos. Assim que Danilo saiu,fui ver se havia ido para seu quarto mas ele sumiu de repente,pensei então,que havia saido para brincar com o vizinho.

Tenho outros contos que aconteceu no Carnaval de 2016 logo logo conto. ” Ao chegarmos no motel e adentrarmos na suíte, ela sentou-se à cama, e convidou: “Escute, Raphael, antes de qualquer coisa, vamos esclarecer alguns pontos”.

Vou relatar o reencontro com minha prima,  após eu tirar a virgindade dela. Em pouco tempo a minha cunhadinha começou a fingir que estava com frio e a Yasmin sem hesitar disse.

O mais importante a ressaltar que, só, sou apenas um amante normal, mas na companhia da minha amada, somos imbatíveis!. Coloquei a a calça e ela veio medir para ver como eu queria e tal, ela colocou a mão na minha cintura e perguntou se poderia tirar dois dedos e se assim ficaria bom, na hora meu pau começou ficar duro, e já que estava sem cueca dava para ver ele apontando na direção dela, ela olhava mais bem seria.

Depois de muita conversa ele acabou se animando e me falando que apesar de tudo, eu também era um dos motivos pelo qual ele queria viajar para cá.

Ele saiu da sala, disse a ela para não se mover, pois ia trancar a porta para ficarmos à vontade.