Vídeo Caseiro Que Caiu Na Net Madura Buceta Grande Comendo Com Ficante Petrolina – Pe

2 min

Categoria:

Tag:

visualizações

2 min

Categoria:

Tag:

Vídeo Caseiro Que Caiu Na Net Madura Buceta Grande Comendo Com Ficante Petrolina – Pe

Vídeo Caseiro Que Caiu Na Net Madura Buceta Grande Comendo Com Ficante Petrolina – Pe

Sempre que estou lá o Carlos (o caseiro que tem uns 45 anos também) gosta de ficar conversando e me passando as coisas do sítio, o que ele fez e o que ainda precisa fazer, etc.

Então assim tive certeza que era vídeo porno que ela via enquanto se masturbava. Nem preciso falar que após aquele pedido, foi impossível segurar, e enchi a bunda e as costas dela de porra. Como quem não quer nada e sendo muito amigo, fui logo oferecendo os chocolates, que foram aceitos com muitíssimo bom gosto e logo atacado também.

Ao chegar no nosso hotel, ela ainda se deitou na beira da cama, não resisti e fui chupar aquela buceta judiada. O que seria dos jovens sem elas para lhes ensinarem todos os segredos do bom sexo? Elas são maduras, sabem o que querem, aprenderam tudo de bom numa cama ou fora dela…e gostam de sexo!É o caso de Matilde, a loba de que iremos falar agora. Certo dia começamos a conversar e ser amigos, até que ele quis brincar atrás do prédio de verdade ou desafio. Um safado que fode com vontade, mete o pau grande fundo, chupa uma buceta até fazer gozar, preenchendo os outros buracos com os dedos. Passou mais lubrificante em seu pau e no meu cú…… e desta vez enfiou com tudo até o talo; Meu Deus, o que foi aquilo…. Minha curiosidade foi só aumentando e várias coisas se passaram na minha cabeça até pensei em um ménage, mas ao invés de me falar, entregou-me um artigo pequeno sobre massagem prostática (what?). Minhas unhas estavam cravadas em suas costas.

Acordei cedo, e todos estavam na cozinha comendo e se aprontando para ir à praia.

MARCAMOS ENCONTRO EM OUTRO DIA COMBINAMOS NOSSOS NICK, CODINOMES USADOS NOS BATE PAPOS, ASSIM FICAMOS VARIAS SEMANAS E POR FIM RESOLVEMOS NOS ENCONTRAR, PARA TROCARMOS EXPERIENCIAS AO VIVO. Apertamos as mãos, nos apresentamos (dei um nome falso, claro), disse-lhe que ele parecia bem mais novo do que nas fotos, e ele sorriu, apenas, e me perguntou se eu queria beber algo.